quarta-feira, 6 de outubro de 2010

HOMENS COM MAIS DE 50...


Um homem com mais de 50 anos de idade defronta-se com questões angustiantes: qual a chance de vir a ter câncer de próstata? Poderá sofrer de disfunção erétil? Hasteará a bandeira a meio pau? Verá o Internacional ser campeão mundial novamente? Suportará o exame de toque uma vez por ano? Ou vai querer que seja trimestral?
Alguns se arrependem de coisas de décadas antes: não ter pego a mão da Lulu na matiné do Cine Imperial só para não perder a cena do duelo, não ter beijado a Aninha na miniboate do Clube, ou ter beijado aquela baranga no carnaval de 1977, ter deixado cair a hóstia na cerimônia da primeira comunhão, ou ainda ter permitido que o Marcão levasse aquele disco dos Beatles e deixado em troca um da Rosemary. Isso sem falar em ter usado calça boca de sino, sapato plataforma e colete de lã.
Após os 50, algum se apavoram. Dizem que é hora de tomar uma decisão e de viver pelo menos uma experiência autêntica definitiva.
Já vi gente trocar de sexo, de ideologia, de partido político, de cabeleireiro, de carro, e até de parceiro por causa disso. Os tempos andam tão vertiginosos que tudo parece possível; até aquilo que nos choca. Por exemplo, um cara com mais de 50 anos trocar de clube de futebol, o Grêmio pelo Inter, o Inter pelo Grêmio. Aí, sejamos francos, já é falta de caráter ou desespero.
Precisamos, contudo, compreender as pessoas. Homens cinquentenários questionam-se sobre coisas inusitadas ou simplórias: devem usar Viagra ou é cedo? Fica bem nessa idade trocar o PP pelo PSol ou é melhor passar pelo PV antes? Usar tênis All Star e blazer não vai parecer coisa de velho babão querendo bancar o jovem? Devem arranjar uma desculpa para caçar naquele local da moda? Sair da Rua Padre Chagas em Porto Alegre para a casa da namorada tem algum significado? Qual?
Outro dia, num grupo de amigos com mais ou menos 50 anos de idade, quis saber qual a pergunta que eles mais faziam para si mesmos. A resposta foi unânime: "ainda vou comer uma gata de parar o trânsito?". Bando de velhos machistas...! Parar o trânsito...! Só essa expressão já mostra a idade que têm!
Depois dessa, encontrei o real significado para sair da Rua Padre Chagas e ir para a casa da minha namorada, que por sinal é de parar o trânsito...!
* Rua Padre Chagas em P.Alegre: Local frequentado por gente bonita e de "parar o trânsito..."

15 comentários:

Déia disse...

Ai ai... com 50 anos adquirimos direitos...e deixamos de ter tantos deveres...
Essa é a parte boa! O resto são detalhes...exceto o exame de toque rsrsrs

bjkas da dinda

*Mi§§ §impatia* disse...

De parar o transito nem se usa mais mesmo......ai ai..... brincadeira...... eu adoro homens experientes......creio que a maioria das mulheres curtem....... rs
Estou de volta querido...saudade.....como vc ta?
Beijos.

Vivian disse...

...não diferem muito das mulheres
com mais de 50, apenas com uma
ressalva...

elas não tem próstata...rsrsrs
mas em compensação tem menopausa
e seus calores fora de hora.

bj, menino!

Anitas disse...

envelhecer com dignidade is the way to go.
adoro pessoas mais maduras e, consequentemente, com mais experiências para compartilhar.

não vejo a hora de chegar lá!

besos

A Língua Nervosa disse...

Eu tb acho que o exame de próspota é fundamental...e se fizer feliz o mocinho de 50...que ele seja trimestral! :)

O importante mesmo...é ir em busca de tudo aquilo que ainda ficamos somenet planejando....esperando os sino bater, sabe....é melhor que seja tudo AGORA ou NUNCA saberemos se foi bom ou não!
bjs

Bandys disse...

Que complicado hein??

Beijos

Andréia disse...

O importante é ser Felzi em qualquer idade

beijos

Helô Müller disse...

Olha... quando ainda se vai, entusiasmado, até a casa da namorada, tá tudo "tri-legal"! Aproveite pra fazer o toque nela tb!!... rs

Bj
Helô, cheia de "não me toques" !! rs

Blog da Fatima disse...

Hehehehehe..adorei a expressão de parar o trânsito...fazia tempo que não escutava essa....mas homens de 50 anos estão em alta...não vai nessa que são velhinhos que não saão não!!!

Bjos no ♥

Ana disse...

hahaha "Bando de velhos machistas...! Parar o trânsito...! Só essa expressão já mostra a idade que têm!" hahaha to aqui igual doida rindo na frente do cumputador.
É bom ver que a gente vai ter dúvidas por toda a vida. Que graça teria se não fosse assim?
Cada fase com as suas doçuras, ternuras e insatisfações.
O importante é ser feliz, certo?
um beijo,

Marcos disse...

Deixe-me entender, você reuniu a patota para fazer questionamentos, se conseguiriam arranjar uma mina de parar o transito? Esse programa pop foi barra limpa?

Algum desses guardou uma calça boca de sino ou algo psicodélico?

Essas coisas são do arco da velha heim!

Lembre-se que hoje a medicina ajuda a manter a "auto estima" elevada!!

Abçs

Maris Morgenstern disse...

Seu texto ficou especialmente engraçado pra mim.
N a minh cidade, a Padre Chagas é reduto das Dragqueens,
então eu ri até vc contar a versão portoalegrense da Rua padre chagas.
Um abraço

Suedivaldo disse...

Oi Francisco, Tudo bem?
Que bacana esse seu blog, muito interessante estou lendo vários textos aqui. Esse mesmo ta incrível. Parabéns pelo Blog e pelos Textos.
Vou continua acompanhando seus textos, pois já tou seguindo já. Segue o meu lá também, tem um trabalho bem bacana.

http://galeriadephotoos.blogspot.com/

Saudações, Abraço!

Suedivaldo

Maris Morgenstern disse...

Sob sugestão inteligentissima da Blueees, meu ultimo texto virou meme. Não tem regras eu acho. Tá acabei de criar 2
qualquer pessoa q seja linkada no testamento agora foi intimada a testamentear tbém. E contar quem q indicou, q assim a gente sempre fica sabendo de nvoos e bons blogs.

então faz aí seu testamento tbém...

A blueeeeeeees já fez, e claro, o dela ficou milhão de vezes melhor o meu. Como eu sei q o seu também ficará.


Então fica aqui a intimação...
o que fica pra quem?

viajante disse...

Pior que acho que é verdade...um homem quando chega aos 50 anos começa a se questionar de tudo e a querer viver intensamente aquilo que deixou de viver ha 10 anos atrás na crise dos 40...rs
O importante é não perder a serenidade, não trazer traumas do passado e não perder a capacidade de sentir emoções ...em qualquer idade.