segunda-feira, 4 de abril de 2011

CÃO VEGETARIANO


A frase é velha, mas sou obrigado a repetir - "Morro e não vejo tudo!"

Li numa revista de circulação nacional (Época) uma matéria sobre cachorros vegetarianos. Que época...! Temos visto de tudo neste mundo: tsunamis, aquecimento global, Lula esnobando Obama, Bial cada vez mais chato no BBB, e agora, mais essa!

Eu sou uma pesso crédula. Acredito fácilmente em coisas que pessoas mais exigentes se recusam a aceitar, tais como: A Lei da Ficha limpa ser aplicada no Brasil, o amor de Khadafi por seu povo, a sanidade mental de Clarice Lispector, e até na qualidade literária dos livros do Paulo Coelho.

Ao contrário do que imaginam os meus oponentes, ainda que sejam insignificantes (rss), costumo acatar com muita facilidade aquilo que me dizem. Acredito na "enorme criatividade e talento" de quem faz propagandas de cerveja, na total isenção jornalística de quem trabalha na Rede Globo, na virgindade de Lady Gagha (ela jura que é virgem...), acredito também nas boas intenções dos cartolas do futebol brasileiro, na qualidade musical e artística de pagodeiros e sertanejos, enfim, acredito em tudo...!

Só não acredito na felicidade do cachorro vegetariano - supondo-se que a felicidade do animal seja viver conforme a sua natureza.

Na Europa, tivemos o fenômeno da Vaca Louca depois que os humanos resolveram alimentar os bovinos com uma farinha feita de restos animais. Temo que algo semelhante aconteça com os cães submetidos à dieta herbívora. Pode acontecer com esses pets algo muito pior do que a loucura que acometeu as vacas inglesas, logo elas, britânicas, antes tão discretas, parecidas com o Príncipe Charles, e prontas a virar rosbife sem fazer alarde nem mugir muito alto do que o conveniente para uma vaca súdita de sua majestade Elizabeth II, herdeira da coroa de um reino em que, no passado, o sol nunca se punha por uma questão de etiqueta.

Temo sim por esses cachorros. Pode existir algo pior do que ser humanizado? Imagino que cães vegetarianos possam vir a ter a massa cinzenta de alguns donos... Que horror!

Isso me faz lembrar uma pessoa que conheci, cujo sonho sempre foi ser e viver como animal. O contraditório, é que seus bichos sempre foram tratados como gente. Vai entender...!

Imagino também, a bicharada lendo Caras, Contigo, Quem, etc. Que horror!

Acordo no meio da noite em pânico. E se um dia esses cachorros se revoltarem? E se eles decidirem ter programa de televisão ou desfilar como destaque em carro alegórico? E se um dia quiserem se vingar montando uma rede de churrascarias?

Prefiro confiar na inteligência dos cachorros, do tipo - finge que me adestra e eu finjo que obedeço...!

Só a inteligência deles poderá nos salvar dos seus donos.

14 comentários:

Paula Barros disse...

Conheço um humano que ficou uns dias vegetarianos..e não sei porque acho que ele ficou com essa carinha, igual a do cachorro. rsrs

As pessoas ficam inventando novidade e continuam muitas vezes infelizes.

abraço.

Paula Barros disse...

Ah, e vou aproveitar que você está acreditando em tudo, e dizer que sou uma pessoa calma, paciente, tolerante, bonita, inteligente, ponderada, que sabe perdoar, que ...e pode acreditar. kkkkkkk

Francisco disse...

Acredito em tudo o que vc diz, Paulinha! Até que vc voa...rsss
Bjoos!

Vicky Thompson disse...

Amei o que vc escreveu sobre a Vaca louca...hahahahaha
Morando em Londres, tenho certeza que os bovinos daqui saudam Queen Elizabeth com mugidos discretos...kkkkkk
Beijos!!

Déia disse...

rsrsrs vc tem acreditado em cada coisa heim, dindo!?

Meus cães só comem ração...e o pior : arroz e vegetais kkkkkk light ainda kkkkk
Sera que vão se revoltar contra mim durante a noite e me matar com um "sufocamento travesseral?" segurarão o travesseiro com as patinhas até minha perninha deixar de "estribuxar" kkkkk

bjs e reze por mim

valquiria calado disse...

Esse bichinho ta com a cara de piedade...tadinho.

"Nosso Coração é Uma Casa onde ninguém entra e sai, com ou sem nossa permissão, sem deixar marcas nas paredes."

(Letícia Thompson)


...........|""""""""""""""""""""""""||_
...........|Neste "♥" tem amizade, |||"|""___
...........|________________ _ |||_|___|)
...........!(@)'(@)""""**!(@)(@)***!(@)

Trago um caminhão de sucessso e alegria pra tua semana.
Beijo da amiga.

Helô Müller disse...

Lady Gaga, virgem?? Tolinho... rs
( nem nos buracos do nariz, meio grandinho, por sinal... rs )
Aliás, genial, as coisas em que acredita!! rs
Texto hilário, apesar da cara de infelicidade deste cãozinho... é de dar pena... mas, pena, não é de galinha?! Xiiii, o bichano não pode degustar coxinhas, " dijeituninhum"!! rs A única vantagem de entupi-lo de alface, é que deve dormir o dia inteirinho!! Taí... vai ver que é pra dar sossego ao dono, enquanto se delicia chupando dúzias de ossinhos tostadinhos de drumetes!! Bom demais, virge santa!!
Sei lá, Chico, vai entender, né? Only God nows o que se passa na mente desses donos de cães, fanáticos...! Talvez seja pra não ter egos rivais os ameaçando... Juro que não entendo!! Ás vezes penso que eu é que sou anormal... Será??? Well, ainda bem que nunca dei mordidas fatais!! Apenas, algumas mordiscadas, que por sinal, fazem o mór sucesso... rs
Lambidas vegetarianas!!
Helô

Walkyria Rennó Suleiman disse...

ah, sei lá....mas será que cachorro tem que ser isso ou aquilo?
que tal dar um vale-refeição e ver que tipo de comida eles compram?

olha, das suas crendices, a melhor é a qualidade dos livros do Paulo Coelho

ahhahahaha

Bandys disse...

Mas até a vida dos bichinhos estão querendo complicar!!Olha só a carinha do cãozinho!!

Adorei sua visita...garoto!!

Beijos meus daqui

Andréia disse...

kkkkkkkkkk


beijos

Juliana disse...

Estava cnversando com meu marido sobre a ração da nossa cachorrinha, e ao ler os dados nutricionais, você encontra farelo de carne de boi ou farelo de frango. Mesmo esm rações como Benefull, cheias de vegetais. Ou seja, é da natureza deles comer carne, mas, há casos e casos, de cachorros que amam frutas, ou arroz, ou pão... e tem gente que contribui para que o cardápio dos bichinhos cada vez se amplie! Triste.

Quando me perguntam se minha cachorrinha é minha filha, eu digo, sim, minha filhota de 4 patas - porque é o que ela é. Concordo que o amor que eu tenho por ela, possa seja similar ao que sentiria por um filho (que como eu não tenho, eu não sei).

Mas animal é animal, homem é homem. Sem julgar quem é melhor, quem é pior, quem tem personalidade, quem não tem. Quem mata, quem ama.

Todos os seres vivos são complexos, todos aprendem, todos desaprendem.

Mas enquanto esse mundo está mostrando sinais de insanidade mais comumente nos seres humanos, eu prefiro ficar com a Ya-Lin, que realmente está sendo adestrada. E muito amada, mas como um animal.

Bjos, ótima semana!

Anderson Santos disse...

Olá, gostaria de sugerir que lessem minha resposta à essa infeliz reportagem da Revista Época e espero que assim vocês entendam um pouco mais sobre o assunto, já que os argumentos utilizados aqui são todos baseados em idéias insustentadas científicamente, assim como a revista que tratou apenas de estimular um medo social usando argumentos já rebatidos científicamente.

http://vista-se.com.br/redesocial/caes-vegetarianos-por-que-nao/

Abs

Anderson

Ninha disse...

au-au!

Anônimo disse...

E pior que existe. Achei esse blog ao acaso pesquisando receitas para minha cachorrinha que não gosta de carne, nem de rações que contenham carne. Não se trata de imposição, ela é vegetariana. O pior é que não vejo como algo bom, pois é muito complicado encontrar uma ração 100% vegan com todos os nutrientes que ela precise. Entretanto, abra sua mente, pois não quer dizer que por ser diferente, algo não exista.