sexta-feira, 14 de maio de 2010

MEU AMIGO HEITOR


Sempre acreditei que as verdadeiras amizades, acontecem por acaso, e não necessariamente quando somos apresentados à alguém.
Digo isto porque nesta semana conheci alguém especial, e logo nos tornamos amigos.
No início da noite de segunda feira, ouvi um ruído no terraço do meu apartamento. Fui ver o que era e me deparei com um gato. Nos olhamos por alguns segundos - ele curvou o corpo e soltou um forte miado. Como não lato nem mio, disse "Olá!", e tentei me aproximar.
Como bom anfitrião, e na falta de algo comestível para felinos, ofereci-lhe o tradicional pratinho com leite. Enquanto ele bebia, aparentando estar com fome, fiquei imaginando como ele teria chegado até o terraço.
Moro em andar relativamente alto, sem prédios ao lado, e a única hipótese para ele chegar, seria através de uma enorme árvore localizada no jardim do prédio - assim mesmo, o salto que ele teria dado, seria digno de medalha em olimpíada. Mas, gato é gato!
Após um afago no pêlo e pescoço, fui atender o telefone. Na volta ele havia sumido. Olhei em volta, e nem sinal do danado.
Na noite seguinte, mais ou menos no mesmo horário, lá estava ele outra vez. Sem cerimônia, entrou na parte interna do terraço e acomodou-se no chão, provávelmente à espera de comida.
Durante o dia, já havia perguntado para porteiros e vizinhos se alguém havia perdido um gato, pois a aparência dele, era de um bichano bem tratado. Diante da negativa de todos, e com a nova visita inesperada dele, quis recepcioná-lo à altura.
Fui no supermercado mais próximo para comprar algo para ele comer. Fiquei impessionado com a variedade de rações existentes, e mais impressionado ainda com a criatividade dos meus colegas marqueteiros! Os nomes das rações, são incríveis! Comprei "Sensações Marinhas" e "Delícias do Mar". Achei que com um cardápio assim, o gato teria que ser servido com porcelana inglesa, toalha de linho, copo de cristal, e som de violinos.
Ah... comprei "Pipicat" também, pois gato educado tem sua caixinha com areia.
Notei que ele aprovou o menu, e durante a refeição, resolvi batizá-lo com o nome de Heitor. Sei lá porque, mas ele tem muita cara de Heitor...!
Resumindo a ópera, até porque isso aqui está ficando muito longo, meu amigo Heitor tem vindo todos os dias, e mais... dormiu aqui na noite anterior, e também aprovou a almofada que lhe ofereci.
Hoje (sexta-feira), ele foi embora perto do meio dia, e voltou agora há pouco. Enquanto escrevo este post, ele está aqui deitado no meu colo, me olhando de vez em quando e reclamando seu jantar com "Sensações Marinhas".
Não vejo a hora de descobrir como ele entra na minha casa. Ou trata-se de uma gato voador, ou então tem cópia da chave, e eu não sei. Só pode.
De qualquer forma, seja bem vindo à minha vida, meu amigo Heitor.

23 comentários:

Mariana disse...

Ainda bem que meu filho não lê os blogs,pois esta tua história seria mais um motivo para ele voltar a encomodar e querer um gato( se for por ele, teríamos um zoológico).
Ele tem um cão,mas não pode ter gato,até pq tem alergia.Mas o guri ama os animais.
Ele morreria de inveja de ti.
Agora, eu acho que o Heitor estava predestinado para ser o teu amigo, quem sabe ele tem mesmo a chave da casa.
Hj o Globo repórter será sobre animais inteligentes, irei olhar, vai que o Heitor estará lá dando entrevista contando como obteve a chave da tua casa.

Marcos disse...

Que história mais bonita... eu adoro animais e fico feliz quando vejo pessoas de bom coração cuidar dessas criaturinhas. Tenho certeza que seu novo amigo esta curtindo muito essa amizade.

Eu tenho que me controlar para não parar na rua e trazer um cachorro perdido para casa...

Agora esse gato tem um truque que fiquei curioso para saber como ele chega até sua casa.

Grande abraço e ahhh "sensações marinhas para mim é enjoô...rs"

Eutímicas disse...

Amei, lindo. Amo gatos! Parabéns pelo blog é show.

Beijooo

Vem nos visitar, viu?

Cris disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cris disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marcos Dhotta disse...

Pouco importa a forma como ele entra na sua casa, se entra voando ou não... O importante vc já tem. Ora! Faz logo a cópia dessa chave e dá pra ele, vai... Lindo e sensível texto. Impossivel não comentar... Acolhe o Heitor por aí, senão... Mandarei uma passagem com cópia da chavre de minha casa para ele. Parabéns pelo espaço!!!

Maris Morgenstern disse...

Sabe que esse ir e vir é uma das minhas características favoritas nos gatos.
Essa liberdade deles impede-os de ficar sempre perto.
Mas eles sempre voltam.
Bem vindo Heitooor!!!

ONG ALERTA disse...

Ele te escolheu, ótimo pois conheço muitas pessoas que odeiam animais??? Cada ium com suas manias, que o Heitor seja um bom companheiro, paz.
Beijo Lisette.

Robson Schneider disse...

Amigão, gatos escolhem a gente não o contrário...O Heitor escolheu vc hehehe agora vc é dele!
Adorei esse texto viu, se tivesse a pagina toda eu nem iria perceber.
Abração e sensações marinhas pra vcs!

Rute disse...

Q lindo esta história, Francisco!
Ri e emocionei. amo animais e vendo tua dedicação achei bárbaro.
Gatos escolhem os donos e eles só escolhem quem lhes quer bem e quem eles sentem ser uma boa pessoa. Parabéns pela bella pessoa q és!
Farás um animal feliz. Menos um a sofre pelo mundo.
e bem tratado, diga-se de passagem: com sensações marinhas?! uaauu!:-)
Felicidades e uma prazerosa convivência a vcs!
Um beijo
Rute

ONG ALERTA disse...

O Heitor apareceu...já se sente em casa???
Boa semana Lisette.

M. M. disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
EU SOU NEGUINHA disse...

O Heitor te escolheu como amigo,sua casa como lar...
Por onde ele chega,como chega...isso é indiferente.
Por isso amo esses pequenos...
eles nos amam,sem razoes e sem porques...simples assim...
Ahhh esses pequenos,que nos ensinam a amar..se todos olhassem para os animais e seus modos de ação,com certeza,o mundo serio muito,mas muito melhor..
Beijos em vcs
Nega

A Madrasta Má disse...

Amo gatos! Eles são animais de muitíssima fidelidade e autenticidade! Bjinhos da Madrasta!

Priscila Lima disse...

que fofo!
Abraço Francisco.

Tata disse...

Faaaala Cisco!

Que bom que vc visitou lá, andei meio distante do mundo dos blogs, tô voltando, percebeu que tem muitos posts por dia agora? Pois é, e vai ter sempre!

te espero lá!
bjinhos

Lianara **Lia** disse...

Olá Carmem!
Vim agradecer a visita e adorei teu cantinho! Estou seguindo teu blog!

Beijos

Lia♥

Blog Reticências...
http://liaks25.blogspot.com/

Francisco disse...

Lia!

Mesmo não me chamando Carmem, fiquei feliz com sua visita...rs

Beijo.

joyce domingos disse...

oi carmem,qur dizer,fran!!

(desculpa...n resisti,achei graça)

hahaha

estás bem??

quero q ouça o som q está lá em casa...me emocionou e espero q vc e á CRIS TBM^^

bjbjbj

Déia disse...

Salve Salve Heitor!!

Escolheu muito bem seu dono!! Espere até conhecer sua dona! Vai adorar!!

Meu bebê vai adorar brincar com ele! rs

Beijocas dos 3 daqui, pros 3 daí!

Tatiana disse...

Muitas vezes somos escolhidos e não somos nós quem escolhemos. Ele pelo visto ele escolheu estar junto a ti, por alguma razão.
E com tantos cuidados assim, acredito que ele tenha encontrado um ótimo lar e você meu amigo, uma ótima companhia.

Um beijo carinhoso para os dois!

Anitas disse...

Heitorrrrrrrrrrrrrr
que gato mais cuti cutiiiiiiiiiii!
quer dizer então que ele é voador? gatos em geral são ninjas! E quando não são, são parentes do Mr. M

hahaha

besos

NÁDIA disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.