terça-feira, 6 de abril de 2010

SOBRE POLÍTICA. . .


Sempre evitei falar em política e sobre as minhas convicções à respeito aqui no blog. Primeiro por ser um tema polêmico e que não tenho muito interesse, e segundo por respeitar opiniões contrárias.
Hoje, um pouco indignado, resolvi sair da toca.
Tenho acompanhado o drama de uma ex-funcionária que trabalhou comigo, e cujo marido diabético está prestes à perder uma perna por absoluta falta de atendimento no SUS. Por falta de recursos financeiros, ela não tem a quem recorrer a não ser a "boa vontade" do sistema tão elogiado por quem o implementou, e à Deus.
Ontem ela me ligou dizendo que a avaliação do caso está marcada para, pasmem, abril de 2011!! Ou seja, talvez ela receba mais rápido o Auxílio-Funeral.
Por casos assim é que não entendo como um Presidente pode obter altos índices de aprovação ao seu governo, enquanto pessoas morrem em corredores de hospitais, somos assaltados à luz do dia, a educação é cada vez pior, e as perspectivas de emprego para as novas gerações são cada vez mais distantes.
Não acho justo que pessoas como eu que pagam seus impostos, tenham que recorrer à planos de saúde, contratar segurança privada, e ainda aplaudir o belo desempenho de
um alcoólatra que instituiu a lei seca; um analfabeto que se orgulha disso e assinou a reforma ortográfica; tem um filho formado em droga nenhuma e é gênio em "finanças"; e teve a cara de pau de pedir a Deus para dar inteligência a Barack Obama, que é formado em Harvard!
O pior de tudo é que essa situação tende a continuar. Dona "Dilma Ducheffe" vem aí!
Espero sinceramente que um dia as novas gerações se livrem de gente como essas que fazem de Brasília, a Casa da Mãe Joana.
Se esse dia chegar, talvez ARRUDA será uma simples plantinha para espantar mau olhado.
GENOINO, será algo verdadeiro.
GENRO, apenas o marido da filha.
SEVERINO, o porteiro do prédio.
GRENNHALGH, voltará a ser um almirante que participou da nossa história.
E, se Deus quiser, DIRCEU, PALLOCCI, DELÚBIO, BERZOINI, GEDIMAR, VALDEBRAN. GUSHIKEN e RENAN, serão simples presidiários.
Ah...! E LULA, apenas um fruto do mar.
Cada vez que leio no meu título de eleitor a frase "Zona Eleitoral", entendo o seu verdadeiro significado.

16 comentários:

maristela disse...

Francisco, de fato, dói saber que quem hoje está no poder vem do mesmo estrato sócio-econômico desta senhora que fica à deriva esperando pelo SUS.
Vamos responder nas urnas. E torcer para que o sucessor deste molusco seja mais humano.

Namorada Girassol disse...

Olá Dear,

É uma pena que você não escreva sempre sobre política,pois enfim acho alguém que pensa como eu.
Infelizmente a "massa é burra",e estamos aí diante destas figuras de folclóricas,que vão e vem ...
Espero mesmo que a tal "bandida" disfarçada de ministra não se eleja.
Que a massa que é burra seja contaminada por figurinhas ímpares,como minha filha que ao completar seus 16 anos fez questão de tirar o seu título para eleger seu presidente.
E que no auge das suas revoltas "adolescêntricas" ainda fez uma pesquisa sobre a tal "bandida" e distribuiu a todos que ela pode!

"Enfim a esperança é de graça e não é pública ..."

Espero que seus amigos tenham mais êxito,do que essa data prevista!

Bjks sabor...nós podemos mudar algo..

Robson Schneider disse...

Meu amigo! aplaudo de pé seu texto. me sinto exatamente assim e nunca saberia traduzir dessa forma... Obrigado!
Abraços

Ps:Adorei o "zona eleitoral" hahahahahahaha

Vivian disse...

...Chico quiridu,
ocê se esqueceu que
estamos no Brasil,
terra onde campeia
a impunidade, onde
quem pode mais chora
menos?

beijos, moço!

Re Fagundes disse...

Seria cômico se não fosse trágico..kkkk

beijos cintilantes

Lila disse...

Querido...
Prefere que eu o aplauda sentada ou em pé?
Tá...será meio a meio...rs
A inspiração as vezes nos vém de casos como esse, triste.
Desesperança...nenhum patuá da jeito.
Obrigada pelo "garota", garoto.
Bjkas

Lila disse...

Querido...
Prefere que eu o aplauda sentada ou em pé?
Tá...será meio a meio...rs
A inspiração as vezes nos vém de casos como esse, triste.
Desesperança...nenhum patuá da jeito.
Obrigada pelo "garota", garoto.
Bjkas

Vicky Thompson disse...

Nos conhecemos há bastante tempo, então não faz sentido ficar rasgando seda, e dizer que vc é genial e brilhante, pois isso é óbvio.
Só quero pedir uma coisa. Posso mostrar este texto ao meu Editor-chefe e pedir que o publique?
E por favor, escreva mais textos assim. Seus leitores agradecem (enquanto eu babo de orgulho e inveja) kkkkkkkkkkk

Beijocas mil!

Lila disse...

Qdo eu quero viro prima irmã do "The Flash"....rsssssss
Bjkas, garoto

Juliana disse...

Você simplesmente escreveu o que muita gente pensa. Eu, como muitas brasileiras voto. Mas de uns tempos prá cá, tenho anulado - porque não consigo acreditar em nada daquilo. Porque acho que eles zombam de nós, e mesmo quando se ouviu falar em intervenção federal (eu que abri um sorriso no rosto na plena convicção de que não iria dar em nada) ainda me peguei surpresa.

Fico indignada com essa roubalheira absurda e explícita; com essa constituição que deveria ser atualizada, com o código penal atrasado e pior,
com o fato de estarmos inseridos em uma sociedade ignorante, aonde a pessoa acha normal roubar R$1 aqui, outro ali, acha normal querer ser o esperto em casa, com os amigos, no trabalho, aquelas pessoas que usam carteirinhas da UNE mesmo não sendo estudantes, pessoas que mentem na rua pedindo dinheiro, aquelas que dão atestado falso no trabalho, que ficam baixando música / vídeos pela internet, aquelas que sempre tentam dar o jeitinho, que jogam papel no chão, que não ligam para hierarquia familiar, que não se importam de estudar, ...

E os políticos, saem desse meio.
A gente sai desse meio.

Só que a gente também tem o poder de se libertar dessas coisas - mas muita gente não quer.

Novamente, tem outra definição melhor do que vírus?


Bjos, Jú

Déia disse...

Ele tem alto índice de aprovação... não de quem lê o jornal... mas de quem limpa a b... com ele!!

Que Deus tenha misericórdia de nossa alma rs

bj

Beti Timm disse...

Como vc prefiro sempre me abster de falar em política e seus derivados. Precisaria todo o espaço do seu comemtário e páginas e páginas em um post!

Só espero que nossas gerações futuras tenham um mundo melhor e mais justo!
Não é pedir muito, né?

beijos

AL. disse...

Francisco,
a cada dia que passa te admiro mais.
que belo post! minha veia da testa quase chegou a saltar, mas graças ao meu super tratamento homeopático eu me contive.

Fiz um curso intensivo de business plans há duas semanas. Neste curso, havia gente do Brasil inteiro. E ai comentei sobre as eleições... e perguntei sobre os candidatos de cada um.
A Cauby peixoto ganhou em disparada. Disseram que fora de SP, muitos poucos lugares gostam do Serra ou tem um mínimo de simpatia por ele.
Triste constatação, mas lá vamos nós para mais 4 anos de aberrações e melhorias contestáveis do governo PT.

besoss

Ana disse...

é tão difícil ser crítico, você não acha? o pior é que sempre que solto minhas revoltas me chamam de chata e "cricri". Me sinto um alien no meio de tanta gente sossegada.
tenho um pouco de inveja dos franceses - são taxados de arrogantes e implicantes mas pelo menos eles têm patriotismo e parecem ser muito mais conscientes e politizados.
E a gente aqui, só pensa em copa e big brother.
Maldito JK que colocou Brasilia no meio do nada.
beijos

Maris Morgenstern disse...

zona eleitoral... eu tbém ri.

chico,
te enviei um email, mas não tenho certeza se foi pro endereço certo.... é aquele q parece no seu perfil? fes1650?

Mariana disse...

Francisco assino embaixo o teu texto, e parabenizo-te por ele,.
Deves falar mais sobre o tema.
Se acompanhas o meu blog, sabes que falo muito, e não tem partido e nem paixão .
Me considero uma eleitora consciente, responsável e fiscalizadora.
Uma jornalista disse q eu sou o terror dos políticos.